Torneio da Amizade: Brasil e Itália duelam no Tiro com Arco

   Visando ao Campeonato Sul-Americano de Medellín, entre os dias 10 e 21 de março, a Confederação Brasileira de Tiro com Arco (CBTArco) realizou neste fim de semana, o 5º Torneio da Amizade entre as seleções do Brasil e da Itália, segunda maior potência do mundo na modalidade. Na final de deste domingo (28 de fevereiro), ficou clara a superioridade do time italiano, mas o presidente da Confederação Italiana de Tiro com Arco e, que, também é presidente da Federação Européia e conselheiro da Federação Internacional de Tiro com Arco (FITA), Mario Scarzella, elogiou muito as condições de treinamento que os atletas brasileiros estão tendo hoje.

      “Não resta dúvida que com estes intercâmbios que o Brasil está fazendo no Tiro com Arco, bons resultados acontecerão num futuro bem próximo. Gostei muito do que vi aqui em termos de estrutura, haja vista que o Brasil não tinha um Centro de Treinamento específico e com condições de realizar campeonatos”, disse Mario Scarzella.

      Por enquanto, o técnico da seleção brasileira, o sul-coreano Lim Heesk, ficou apenas observando os atletas que irão disputar o Sul-Americano de Medellín. “Depois da inauguração oficial do Centro de Treinamento, dia 6 de março, é que iremos treinar até o dia 12, oito horas por dia. Aí, sim, espero um melhor desenvolvimento de nossos atletas”, destacou Lim.

      Mas o planejamento não é apenas para esta competição. No segundo semestre, acontecerá a Copa do Mundo da Croácia.  O objetivo maior é para as Olimpíadas de Londres, em 2012, e do Rio, em 2016.

      “Queremos garantir classificação para Londres”, enfatizou o presidente da CBTArco, Vicente Fernando Blumenschein, lembrando que nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, todas as modalidades estarão presentes na disputa, justamente pelo fato do Brasil ser o país-sede.

    Na competição de deste fim de semana, os brasileiros melhores colocados na categoria recurvo (justamente a utilizada em Olimpíada) foram, no masculino: Bernardo Oliveira, do Distrito Federal (quarto lugar, com 1229 pontos); e Fábio Emílio, do Vasco (quinto lugar, com 1224 pontos). No feminino: Sarah Nikitin, do Arco e Flecha Bandeirantes (terceiro lugar, com 1205 pontos); Petra Ruocco, do Círculo Militar de São Paulo (quarto lugar, com 1181 pontos); e Aline Martins, de Niterói-RJ (quinto lugar, com 1177 pontos).