Campeonato Paulista Field

A FPAF no ano de 2013 retomou a prática, de suas mais tradicionais e mais fortes bases, realizando nesta temporada o Campeonato Paulista Field, provas que estavam há muito esquecidas em certames oficias (desde 2003/4) .

A prova Field tem por característica tiros em distâncias e condições adversas (relevo, luminosidade, altura dos alvos, formato dos alvos, condição de tiro, etc...) tradicionalmente realizada em bosques e/ou áreas mais rústicas, oferecendo as dificuldades mais diversas, traduzindo-se num grande desafio ao arqueiro e suas flechas, realizada sob a forma de dois circuitos sendo o 1º com distâncias desconhecidas (o arqueiro deve ao avistar o ponto de tiro e o alvo calcular uma distancia, regular seu equipamento e realizar seus disparos), e o 2º com distâncias conhecidas ( em que o atleta apenas faz os ajustes “finos/detalhes” ) para seus disparos.
O campeonato foi realizado em 3 etapas; objetivando as seguintes premissas :
a) MÁXIMA SEGURANÇA ; provas educacionais , de elevado caráter esportivo, e de grande alegria e descontração aos atletas;

b) competitividade tanto para o iniciante quanto ao atleta de nível elevado;

c) respeito total à ecologia ;

d) respeitando as normativas e regulamentações internacionais das categorias;

e) resgatar a tradição e o desafio da modalidade , em que tradicionalmente surgem grandes valores para nosso esporte e já revelaram renomes internacionais;

f) agregar novos praticantes ao Tiro com Arco e à FPAF , onde por muitas vezes estes o praticam em caráter informal (sítios, fazendas, agremiações não federadas por todo o estado) ; para tanto fora criada uma categoria OPEN – exclusiva para arqueiros não federados.

1ª Prova: Field FITA FACE – alvos circulares ( zonas de pontuação em preto e centro de cor amarela) com distâncias marcadas e não marcadas; a dificuldade desse tipo de prova consiste fundamentalmente no cálculo de distâncias desconhecidas e nas adversidades topográficas;
2ª Prova : Field Animal Round – Simulação a uma caçada ; resgate aos primórdios da humanidade , onde o arco e flecha eram equipamentos voltados para este fim e subsistência ; consiste em tiros em Alvos fotográficos com silhuetas de animais , na qual a maior pontuação é a região mortal do animal, pois a premissa é que o disparo deva ser certeiro não oferecendo sofrimento ao animal; sendo também 2 circuitos (1º Dist. Não Marcadas e o 2º Dist. Marcadas);
3ª Prova – Round 3D , esta prova torna-se a mais real das condições, onde numa região mais selvagem como, mata/terreno e condições de tiro, animais de espuma/borracha em cores e tamanhos reais tridimensionais, dispostos nas condições normais de seu cotidiano, simulam a realidade da natureza e de hábitos dos animais selvagens, onde além das dificuldades do terreno, da luminosidade, do ângulo dos animais e do perfil (3D) – tornam os tiros não só mais difíceis como também oferecem um grau de desafio muito grande aos arqueiros, relembrando remotas eras onde o ser humano dependia da caça para sua sobrevivência e portanto tinha de sair ao campo para consegui-la; sendo também 2 circuitos (1º dist. Não Marcadas e o 2º Dist. Marcadas).

A FPAF teve um publico médio de 34 participantes por torneio ( 60% Federado e 40% não federado) perfazendo um total de 98 arqueiros inscritos no certame.

Notadamente graças à criação das classes OPEN houve um grande afluxo de pessoas e novos clubes/agremiações, as quais já iniciam processos de filiação junto à FPAF para a próxima temporada , onde disputarão também os Torneios de Indoor e Outdoor.

As pontuações variam em cada torneio de acordo com o formato da prova :
a) FITA FACES de 1 a 5 pontos , sendo 3 flechas por alvo numa mesma posição;
b) Animal Round – a primeira flecha é disparada numa distância maior e a pontuação é mais alta, 20 pontos, em caso de erro ,para ferimento 18 pontos, em caso de erro uma segunda flecha é disparada tendo sua pontuação de mortal em 16 pontos e ferimento em 14 pontos , e em caso de erro uma 3 flecha é disparada com pontuação de 12 pontos para mortal e 10 para ferimento, a cada flecha disparada que não acerta o alvo, o arqueiro diminui cerca de 5 metros a distância de tiro;
c) Round 3D FITA/WA, são disparadas 2 flechas numa mesma posição de tiro e as pontuações são X = 11 , mortal =10 , vital =8, e ferimento =5 pontos, não são consideradas zonas de pontuação chifres e cascos de animais , bem como flechas que resvalam ou transpassam ao animal.

Fora considerada a soma das pontuações obtidas pelos atletas nas 3 etapas para a qualificação final dos arqueiros, de acordo com suas classe Federados e Open, tanto quanto a categorias e faixas etárias.


Campeonato Paulista de Field III Etapa FINAL