Comitê Olímpico Brasileiro COB - Comitê Paralímpico Brasíleiro Ministério do Esporte World Archery Federation World Archery Americas
Classificação Funcional na Seletiva de Maio/2015 - Programação

PROGRAMAÇÃO DE CLASSIFICAÇÃO

MARICÁ-RJ

DATA: 08/05/15

HORA: 13h as 17hs

Obs: Atleta que não tenha classificação só poderá participar da seletiva se fizer a classificação que será realizada na data e horário acima.

Atletas da classe ST que foram classificados antes de 2014, deverão obrigatoriamente realizar nova classificação funcional, mesmo aqueles que tenham classificação internacional confirmada.

ATLETAS QUE NÃO IRÁ PARTICIPAR DA SELETIVA MAS TENHA INTERESSE EM REALIZAR A CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL, PODERÁ FAZER MEDIANTE SOLICITAÇÃO DE CLASSIFICAÇÃO JUNTO A CBTARCO.
 

CLASSIFICADORES DE TIRO COM ARCO

CREDENCIADOS PELA CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE TIRO COM ARCO.

CHEFE DE CLASSIFICAÇÃO:
ANA LÚCIA VIEIRA DE SOUZA
BRASILIA-DF

CLASSIFICADORA OFICIAL:
PETRA SANCHEZ RUOCCO
SÃO PAULO-SP

CLASSIFICADOR TRAINING:
MARCOS MOTA MIRANDA
CAMBORIU-SC

CLASSIFICADOR TRAINING:
PAULO FABIANO MEHL
RECIFE-PE

CLASSIFICADOR TRAINING:
MÁRCIA BENNETI
BRASÍLIA-DF

CLASSIFICADOR TRAINING:
MARA RÚBIA M LOURENÇO
BRASÍLIA-DF
 

CLASSIFICAÇÃO FUNCIONAL DO TIRO COM ARCO

A Classificação Funcional tem como principal objetivo garantir a igualdade entre os competidores. Ela se torna necessária para uma competição mais justa e equilibrada. Levando em consideração não só a deficiência, mas a ação do individuo, com o objetivo de reunir atletas com capacidades físicas semelhantes.

Para se tornar um atleta paralímpico de tiro com arco o primeiro passo é a realização da classificação funcional, onde o classicador irá analisar o arqueiro para verificar se ele reúne critérios minimos para ser tornar legível para a modalidade.
A Classificação Funcional não tem como objetivo separar apenas as deficiências, mas sim tentar nivelar ao máximo a capacidade esportiva de cada atleta.
Como a deficiência pode influenciar as pessoas de forma diferente o arqueiro precisa passar por uma série de testes específicos, para que o classificador tenha dados suficiente para então decidir em qual classe ele irá competir.

Os Classificadores são pessoas que geralmente têm qualificações profissionais específicas. Podendo ser médicos, fisioterapeutas, Educadores Físicos etc., que têm uma compreensão detalhada de como funciona o corpo humano. E deve ser credenciando pelo órgão competente da modalidade.

Após este processo de classificação o arqueiro receberá um cartão classificação que indica se ele é W1 , W2 ou ST.
 

 
 
Av. Ivone dos Santos Cardoso 340 - Itapeba, Maricá - RJ/Brasil - CEP: 24913-000 - ☎(21)2634-8984 e 2634-0310 ✉cbtarco@cbtarco.org.br - ctmarica@gmail.com