Atleta de Maricá vence, faz história e está nas oitavas de final na Rio2016

Ane Marcelle dos Santos foi a grande personagem do tiro com arco brasileiro nesta segunda-feira (8), no Sambódromo da Marquês de Sapucaí. Na competição individual feminina, a arqueira venceu duas adversárias consecutivamente e se emocionou bastante ao chegar nas oitavas de final.

A brasileira estreou contra a japonesa Saori Nagamine e superou um momento de desconcentração no último set para vencer por 7 a 3 – cada set vencido vale dois pontos e o empate rende um para cada arqueira. Ane Marcelle perdeu o primeiro, mas virou em seguida e aproveitou tiros ruins da japonesa para garantir avanço à segunda fase com parciais de 27-28, 29-25, 24-19, 25-25 e 22-19.

Ao final do confronto, a arqueira do Brasil caiu no choro ao abraçar seu técnico, emocionando a torcida presente no Sambódromo. O desabafo não serviu para aumentar seu nível, mas ainda assim pouco depois ela venceu a australiana Alice Ingley por 6 a 0, com parciais de 25-23, 26-24 e 26-24.

Ane Marcelle agora aguarda a segunda parte do chaveamento para conhecer sua adversária nas oitavas de final. Ela volta a atirar na quinta-feira (11), às 10h18, novamente no Sambódromo.

Canetta cai na estreia
A outra brasileira na disputa, Marina Canetta, foi eliminada da competição individual feminina ainda na estreia. Ela perdeu da chinesa Yuhong Qi por 7 a 1, sem conseguir vencer nem mesmo um set. A arqueira não esteve mal, fazendo pelo menos 25 pontos por set, mas encontrou na chinesa uma rival tecnicamente melhor.