Brunna Ara˙jo consegue vaga para Cingapura

Relatório do Classificatório para os Jogos Olímpicos Juvenis em Cingapura – Porto Rico

 Brunna Araújo – Garante vaga para Cingapura;
Após uma fase classificatória muito positiva para a equipe masculina brasileira, que perante um vento forte classificou em primeiro lugar Klaus von Behr, em terceiro Bernardo Oliveira e em sétimo Kenny Umino Sato.
 Brunna Araújo era a única que tinha a idade permitida para participar do classificatório.
Aconteceram dois campeonatos individuais distintos, um round classificatório para as olimpíadas juvenis e um round aberto (com 2 arqueiros a mais que no classificatório). Infelizmente no round olímpico classificatório para as olimpíadas juvenis, a sorte foi contra a nossa equipe. O exemplo foi a eliminação de Klaus nas quartas de finais na flecha de morte, com 2 milímetros de diferença em um 10. Por fim a vaga foi para PARK Timon (CAN).
Durante o round aberto, a equipe se saiu melhor. Três dos quatro finalistas foram brasileiros: Bernardo ficou em primeiro, Klaus em segundo e Kenny em quarto.
Na disputa por equipes o Brasil também teve um bom resultado. Após se classificar em primeiro lugar, a equipe foi direto para a final contra Porto Rico. A pontuação foi excelente (recorde da equipe), 209 x 192. Em momento algum a liderança foi ameaçada.
Na cerimônia de encerramento, a equipe brasileira foi elogiada pela organização da campeonato pelo excelente comportamento durante as competições e também dentro da vila olímpica onde ficaram alojados. O nível ténico do Brasil foi destacado pela conquista das 7 medalhas de ouro, 8 de prata e 2 de bronze.